Sem categoria

Postado em 01/11/2017 12:11

Chapada: Ocupação em Iraquara é assunto de reunião na Sedur com membros do MSTS

.

Share Button

A ocupação de área do governo baiano no município de Iraquara, na Chapada Diamantina, foi o principal assunto de uma reunião na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), nesta terça-feira (31), em Salvador. Membros do Movimento do Sem Teto (MSTS) solicitaram avaliação do governo e a garantia da permanência das mais de 1,8 mil famílias que estão com lotes na região conhecida por bairro ‘Estadão’. O vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), que mantém relação com o movimento na região chapadeira, disse que o encontro com a secretária Jusmari Oliveira reforçou o elo entre os movimentos sociais e o governo estadual.

“Tratamos dessa importante demanda para Iraquara, essas famílias estão lutando por seus direitos e estão organizadas, querendo produzir. O local é uma fazenda inativa da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola [EBDA] e os ocupantes querem a regulamentação do bairro pelo Estado. Já estão estruturando a área e construindo suas residências com o suor de seus rostos. Muitos deles pagando para trabalhar, comprando material com amigos e ajudando da forma que podem. Eles precisam de garantias e de ações que possibilitem a permanência deles nesta região”, salienta Suíca.

Para o líder do MSTS na região, Mourival José de Souza, o encontro na Sedur foi “produtivo” e, no próximo domingo (5), levará a notícia para o movimento no próprio bairro ‘Estadão de Iraquara’. “A secretária conseguiu ter uma visão maior da nossa situação e se comprometeu em analisar o caso para que possamos dar um novo passo para a regulamentação da área”, frisa o militante. Já o advogado Gilmário, disse que é preciso mais atenção ao povo pobre da Chapada Diamantina. “É um passo importante para que essas famílias que vivem abaixo da linha da pobreza sejam assistidas pelo Estado”, completa.

Vitor Fernandes 

Share Button

BUSCAR NO SITE: