Sem categoria

Postado em 16/09/2017 7:02

Cursos da Uefs são destaque no Enade

.

Share Button

Mais uma vez a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) se destaca no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC). O resultado, divulgado este mês, ressaltou a Uefs dentre instituições de notoriedade no Brasil.

 

Com conceito cinco, nota máxima do Exame, o curso de Enfermagem da Uefs lidera o ranking de avaliação entre as universidades públicas brasileiras. Vale destacar que apenas 6% das graduações do país atingiram o conceito máximo da avaliação.

 

Os cursos de Odontologia, Farmácia e Agronomia também tiveram avaliação positiva no Enade, atingindo conceito quatro. Odontologia e Agronomia lideram o ranking baiano e o curso de Farmácia é o quarto melhor avaliado na Bahia.

 

De acordo com o vice-coordenador do curso de Agronomia, professor Lenaldo Muniz, este resultado representa uma importante conquista. “Nossa primeira turma concluiu a graduação no semestre 2017.1 e o curso ainda encontra-se em processo de reconhecimento junto ao Conselho Estadual de Educação. A nota é reflexo do excelente corpo docente, da produtividade científica e da infraestrutura da Uefs. Ressalta-se também o comprometimento dos docentes e discentes, que entenderam a importância de participarem do Enade, com responsabilidade e dedicação”, considerou.

 

Já a pró-reitora de Ensino e Graduação, professora Amali Mussi, reconhece o resultado como confirmação de distinção e qualidade dos cursos da Uefs em âmbito nacional. A mesma também destaca o papel da Universidade em analisar, de forma crítica, a importância de outros aspectos também serem avaliados em exames como o Enade.

 

“Com a compreensão de que os resultados de um exame são limitados, uma vez que não consideram as singularidades presentes em cada projeto pedagógico de curso, e que a participação é uma forma de revelar e pontuar suas inconsistências, a Câmara de Ensino de Graduação tem realizado um trabalho sério e consistente na avaliação desse processo”, explicou a professora Amali Mussi.

 

A partir de novembro, o Governo Federal deve divulgar outros dois índices que utilizam o resultado do Enade como base, que são o Conceito Preliminar do Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC). Além do desempenho dos estudantes no Exame, estas avaliações incluem outros indicadores como corpo docente, infraestrutura, recursos didático-pedagógicos e ainda a avaliação dos cursos de pós-graduação de cada instituição junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Share Button

BUSCAR NO SITE: