Sem categoria

Postado em 07/09/2017 6:41

Estação Mussurunga já opera como a Lapa e Pirajá

.

Share Button
Estação Mussurunga
Desde a manhã desta quinta-feira (7), a Estação de Transbordo Mussurunga passou a operar da mesma maneira que as Estações da Lapa e Pirajá. A integração entre ônibus e metrô agora é feita somente através do Bilhete Único, que pode ser adquirido gratuitamente pelos usuários do transporte público em qualquer ponto credenciado, nos postos do SalvadorCard ou nas Prefeituras-Bairro, além da própria Estação Mussurunga. No local, circulam atualmente cerca de 200 veículos que operam 31 linhas. Por dia, passam pela estação aproximadamente 150  mil pessoas.
Com a retirada das catracas, a população pode circular na estação sem ter que pagar a mais por isso. No entanto, para fazer a integração com outro ônibus ou futuramente com o metrô no Terminal, o cidadão terá que utilizar qualquer cartão do SalvadorCard. Antes era preciso pagar para ter acesso ao terminal e aos equipamentos da estação, como farmácia, barracas, banheiros e telefones públicos. Vale ressaltar que, por mês, o sistema de transporte público realiza cerca de 25 milhões de viagens. Desse total, 4,1 milhões são de integração.
“A abertura da estação foi um sucesso. Agora, com com a integração entre ônibus e metrô promovida pela Prefeitura, o benefício será estendido para todas as pessoas que utilizam o transporte público em Salvador. O usuário poderá pegar dois ônibus ou fazer a integração ônibus/metrô/ônibus no período de até duas horas, pagando apenas uma passagem, utilizando o cartão que acessa o Bilhete Único”, afirma o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota.
O equipamento é de responsabilidade da CCR Metrô, só que toda a operacionalização das linhas é feita pela Prefeitura. A lista de todos os lugares que oferecem o cartão de integração está no site www.salvadorcard.com.br. O cartão é gratuito, mas é preciso carregá-lo, pela primeira vez, no valor mínimo equivalente a duas passagens de ônibus, que já ficam disponibilizados para uso pelos passageiros.
Universalização – Para garantir o acesso fácil ao Bilhete Único, a Prefeitura ampliou os pontos de entrega e de recarga. Até 2013, a população era obrigada a enfrentar longas filas nos únicos três pontos do SalvadorCard existentes até então – Comércio, Lapa e Iguatemi. Com as mudanças, o objetivo é universalizar o serviço. Através da expansão do sistema, é possível recarregar o cartão de casa ou em locais próximos à residência.
Para a recarga, basta chegar em um dos pontos da rede credenciada ou em uma das 42 máquinas situadas nas Prefeituras-Bairro, faculdades ou nos principais shopping centers da cidade. É possível ainda utilizar o aplicativo KIM – que permite ao usuário recarregar via celular, computador ou tablet, usando como meios de pagamento cartões de crédito e débito, boleto ou transferência bancária.
Share Button

BUSCAR NO SITE: