Interior do Estado

Postado em 24/09/2017 6:48

FMT é parceira da Justiça em Projeto de Apadrinhamento Afetivo

.

Share Button

A Vara da Infância e Juventude, da Comarca de Ilhéus, está lançando o Projeto de Apadrinhamento Afetivo. O Projeto vai selecionar padrinhos e madrinhas para crianças e adolescentes com idade entre 8 e 17 anos. A solenidade será realizada no auditório Cid Gesteira, na Faculdade Madre Thaís (FMT).

Projeto de Apadrinhamento Afetivo é uma realização do Tribunal de Justiça da Bahia e Prefeitura de Ilhéus tendo como parceiros a Faculdade Madre Thaís, o Ministério Publico da Bahia e a Faculdade de Ilhéus e, conta com o da Gertec e Associação dos Magistrados da Bahia.

A Faculdade Madre Thaís já disponibilizou uma sala na qual a assistente Social já está recebendo, para entrevistas, interessados no apadrinhamento. Os futuros afilhados vivem na Casa de Acolhimento Renascer e nas casas Lar Masculina e Lar Feminina. Os interessados dispõem da secretaria da Vara da Infância e Juventude, no 2º andar do Fórum Epaminondas Berbert de Castro, para buscar informações sobre o projeto.

De acordo com a juíza Sandra Magali Mendonça, o projeto não vai promover adoções, mas sim, “vínculos afetivos significativos”. Os padrinhos vão proporcionar cuidados, “auxiliando na construção de um projeto de vida” e na autonomia dos afilhados.

“A iniciativa envolve crianças e adolescentes que não vivenciam a experiência do convívio familiar, por diversos motivos, como: violência doméstica, negligência dos responsáveis e outras formas de violação. Junto com as equipes das casas, os padrinhos e as madrinhas vão compor “uma rede de apoio socioeducativo”, explica a magistrada.

O suporte vai incluir a construção de laços afetivos e das condições materiais para o desenvolvimento social e escolar dos afilhados. Esse processo vai abrir caminho para a formação profissional dos menores, o que será muito importante após deixarem as instituições de acolhimento onde vivem.

A FMT disponibilizou uma sala para entrevistas, interessados no apadrinhamento (Jonildo Glória)

Fonte: Diário de Ilhéus

Share Button

BUSCAR NO SITE: