Interior do Estado

Postado em 15/09/2017 10:27

Jane Hilda Badaró ocupa cadeira Nº6 na Academia de Letras

.

Share Button

Em 22 de setembro próximo, às 19 horas, a Academia de Letras de Ilhéus realiza sessão festiva de posse da nova acadêmica Jane Hilda Mendonça Badaró, para a cadeira n.6, cadeira anteriormente ocupada por sua genitora Janete Mendonça Badaró, e cujo patrono é Antonio Pessoa Costa e Silva e Fundador Leones da Fonseca. Primeira mulher a ingressar na Academia de Letras de Ilhéus, a escritora, advogada, jornalista e poeta ilheense Janete Mendonça Badaró nasceu em 16 de julho de 1935, e morreu em 25 de julho de 2015. Nos seus 80 anos de vida construiu uma bela história. Casou-se com Carlos Alberto Ramagem Badaró (in memoriam) e teve cinco filhos: Arilton Carlos, Jane Kátia, Jane Suely, Carlos Alberto Filho e Jane Hilda. Formou-se em Letras e Direito, escreveu dois livros de poesias, intitulados “Momentos” e “Máscaras em Procissão”, exerceu funções em cargos públicos no município de Ilhéus, e atuou na imprensa regional por vários anos. A cadeira que vagou naquele sodalício, em função de seu desencarne, doravante, passa a ser ocupada por sua filha Jane Hilda, eleita que foi, em agosto, para ingressar naquela confraria. A recepção da nova acadêmica – que tradicionalmente ocorre através de um discurso de saudação por um dos membros da Casa – será feita pela escritora e jornalista, Maria Schaun, em sessão conduzida pelo professor André Luiz Rosa Ribeiro, Presidente da ALI.
“Chego humildemente na Academia de Letras de Ilhéus. Espírito inquieto que sou que gosta de rabiscar escritos jurídicos, traços, palavras e cores – e que, reiteradas vezes, me pego distraída a abrir portinholas da imaginação para deixar-me passear livre entre céu, mar e terra- chego, entretanto, neste sodalício, com atenção devida, pés no chão, e o firme propósito de “servir a pátria – servindo a minha cidade – cultuando as letras e as artes”. Diante de mim um portal, e um caminho, que chamam ao crescimento intelectual e ao crescimento interior.

Jane Hilda terá a saudação da escritora e jornalista Maria Schaun (Divulgação)

Share Button

BUSCAR NO SITE: