Sem categoria

Postado em 21/09/2017 1:18

Portadores de déficit intelectual fazem curso de garçom na APAE

.

Share Button

O curso de garçom oferecido na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Feira de Santana, dentre um leque de outros cursos profissionalizantes promovidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), está capacitando e abrindo as portas do mercado de trabalho para pessoas com déficit intelectual.

 

As aulas são ministradas na APAE por um instrutor da Sedeso, semanalmente, todas as terças-feiras pela manhã. Atende 12 alunos com déficit intelectual e a previsão é de ser concluído até dezembro deste ano.

 

O instrutor também ministra curso de garçom nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) dos bairros Baraúnas e Lagoa Grande, além do Centro Integrado de Capacitação e Apoio ao Adolescente e Família Gilza Melo (Cicaf), todas as sextas-feiras, pela manhã e à tarde.

 

Para as pessoas portadoras de déficit intelectual, a capacitação profissional representa o aumento de possibilidades de ingresso no mercado de trabalho, inclusive cumprindo a lei que garante reserva de cotas de postos de serviço em empresas com mais de 100 funcionários, para quem possui algum tipo de deficiência física, intelectual ou visual.

Share Button

BUSCAR NO SITE: