Interior do Estado

Postado em 12/09/2017 9:19

Projeto “Faxinão no Rio” mobiliza a comunidade

.

Share Button

Jovens e comunidade abraçaram a ideia…jovens e comunidade em defesa do Velho Chico

Fonte: A Noticia do Vale

O projeto que está em sua segunda edição, a primeira foi realizada em janeiro do ano passado, de iniciativa de jovens estudantes, com o apoio da comunidade que abraçou a ideia e se colocou à disposição do movimento em defesa do Rio São Francisco, foi realizado domingo, dia 10, nas imediações da Orla I.

Intitulado este ano como “Faxinão no Rio” o projeto ganhou o apoio da Juventude Espírita Nena Arueira (JENA) do Centro Espírita Nosso Lar de Juazeiro. Jovens estudantes entre 15 e 20 anos se juntaram à ação socioambiental com o intuito de amenizar um pouco o sofrimento do maior patrimônio dos ribeirinhos, o Velho Chico.

Cerca de 40 pessoas, entre jovens e adultos, sob a coordenação das estudantes universitárias Gabriella Amaral e Helena Aranha, também integrantes da JENA, participou da ação. Segundo a coordenação, o “Faxinão no Rio” alcançou o seu objetivo, “pelo menos o início dele que é a mobilização e a sensibilização da sociedade para esta ação, exemplo disso foi o apoio que recebemos também pelas redes sociais”, destacou uma das coordenadoras.

“Faxinão”

De acordo com os organizadores, foram mais de 20 sacolas de lixo recolhidas somente numa manhã, numa ação emergencial de limpeza das margens do rio. A ação teve início por volta das 7 horas e se estendeu até o meio-dia, nas imediações do Angari até os bares da Orla I, onde, segundo a coordenação, se concentrava o maior número de lixo.

Mobilização para o Faxinão no Rio“Alí, na Orla I, principalmente próximo aos bares, tinha muita sujeira, muito lixo acumulado, infelizmente as pessoas não têm o hábito de usar as lixeiras ou de recolherem o seu próprio lixo, e têm como alvo desse mal costume o nosso já tão sofrido rio”, desabafa Helena Aranha.

Ainda segundo a coordenação, devido aos feriados em Juazeiro, o Desfile Cívico, dia 07 e a Festa da Padroeira, dia 08, onde grande parte da população se faz presente, e também muitos ambulantes nas ruas, o acúmulo de lixo foi maior. “Recolhemos muitos descartáveis e recicláveis, como pratos, copos, garrafas, latinhas, entre outros materiais, mas tudo devidamente coletado em separado, graças à ajuda de todos”.

Faxinão no RioPara a estudante em Ciências Biológicas, Valentina Aranha, 19 anos, que também abraçou a causa, a iniciativa das jovens da JENA junto à comunidade foi mais um passo importante em defesa do meio-ambiente e do Rio São Francisco. “Sabemos que ainda é pouco, mas é um pouco que ajuda muito, e eu pude dar a minha contribuição, ajudando e orientando na coleta seletiva do lixo”, disse.

O estudante de Publicidade e Propaganda, João Paulo Matias, que também se juntou ao projeto, foi um dos principais articuladores para mobilização da comunidade. “Cada um que se sente indignado com a agressão ao rio, que se sensibiliza com a situação de descaso, faz parte desse nosso projeto e sempre será bem-vindo”, ressaltou.

O “Faxinão no Rio” não para com esta ação, ele vai continuar, assim como a campanha de sensibilização das pessoas. Para um das coordenadoras, Gabriella Amaral, é preciso mais, fazer mais, “o nosso rio sofre e nos chama à conscientização, é nosso dever preservar o que é nosso, mais do que patrimônio nacional, o nosso rio é a nossa vida!”, finalizou.

Por Paulo Carvalho/Redação

Fotos: Luiz Washington

Share Button

BUSCAR NO SITE: